Tudo sobre Portaria Remota

Autor thumb

Carlos Di Giacomo

Sócio Diretor Comercial

Portaria Virtual
13/04/2023

Foto da central de operações e monitoramento da portaria remota

A portaria remota é um sistema de atendimento à distância que realiza o controle de acesso em condomínios residenciais ou comerciais. Para isso, utiliza uma série de recursos tecnológicos, tanto para que os condôminos entrem no empreendimento, quanto para que os visitantes, prestadores de serviços e entregas sejam atendidas. Mas, ainda que esteja se tornando popular, o sistema gera dúvidas. Por isso, nesse post, vamos falar tudo sobre a portaria remota para que não reste nenhum questionamento sobre ela. Abordaremos os seguintes pontos:

Então, boa leitura!

Como funciona a portaria remota?

portaria remota usa uma série de recursos de segurança eletrônica para fazer o atendimento à distância do seu condomínio. Assim, você, seus convidados e os funcionários acessam as áreas do condomínio com segurança e praticidade.

A solução conta com câmeras instaladas no condomínio para que os operadores (que substituem os porteiros nessa versão da portaria) consigam ter uma visão em tempo real de quem está no local solicitando a entrada.

Além disso, conta com sistema de controle de acesso à distância, que permite aos operadores fazerem a abertura das portas, após procedimento de triagem e solicitação de autorização de acesso.

O atendimento é feito 24h por dia, a partir da central de monitoramento que comporta dezenas de operadores. Por se tratar de um serviço muito importante para o funcionamento do condomínio, os profissionais trabalham em turnos. Assim, o atendimento acontece em todos os períodos do dia, mesmo nos finais de semana. 

Entenda a seguir como é o procedimento de entrada e saída do condomínio com portaria remota.

Entrada de moradores pelo portão de pedestres

O morador de um condomínio atendido pela portaria remota ASTER tem autonomia e praticidade para entrar e sair de casa. Ele pode usar os seguintes dispositivos de liberação no controle de acesso:

  • Reconhecimento Facial
  • Biometria da Digital
  • Tags (chaveiro de aproximação)  
  • Teclado de senha

Depois de cadastrado no sistema, para entrar no condomínio, basta se dirigir até o dispositivo de controle. No caso da portaria remota da ASTER, recomendamos ainda a construção de eclusa com dois portões e sistema de intertravamento. Ou seja, uma configuração entre portões em que se algum portão não estiver totalmente fechado, o outro portão não abre.

Outra recomendação importante é que os acessos ao primeiro e segundo portões sejam realizados com dispositivos diferentes, e que no segundo deles seja possível implantar um alerta de pânico.

Entrada de moradores pelo portão veicular

Para entrar com o seu veículo, o procedimento é parecido. Mais uma vez, recomenda-se que o condomínio tenha uma eclusa com a abertura de um portão de cada vez. 

Nesse caso, o acesso pelo primeiro portão pode ser realizado acionando um controle remoto da garagem  ou através de sistema de tag “sem parar”. Já no segundo portão, recomenda-se abertura por biometria ou reconhecimento facial. O alerta de pânico deve ser configurado no controle remoto e/ou na biometria.

BAIXE O MANUAL PRÁTICO DE PORTARIA REMOTA PARA MORADORES

Entrada de visitantes

O procedimento padrão para o acesso de visitantes é simples. Ao chegar ao condomínio, ele aciona o interfone, a central faz a triagem e liga para o morador solicitando a autorização de liberação. A primeira tentativa é sempre pelo interfone e pelo envio de uma notificação push com foto no aplicativo ASTER Portaria 5.0 Caso não haja resposta, a tentativa de contato acontece pelos telefones cadastrados.

Mas, na portaria remota da ASTER, existem 4 alternativas para tornar o acesso de visitantes mais ágil:

Opção 1: mandar um WhatsApp ou um e-mail ao SAC ASTER solicitando a previsão de visitas. Nesse caso, o envio deve ser feito com 36 horas de antecedência para a inclusão no sistema.

Opção 2: usar o interfone da unidade para fazer uma pré-autorização e, deste modo, o visitante ter acesso imediato.

Opção 3: se o seu visitante for pessoa muito próxima – um parente ou namorado(a), por exemplo – existe a opção de cadastrá-lo(a) como “visitante frequente” para que possa ter acesso rápido usando biometria, reconhecimento facial ou tag de acesso e assim repetir o procedimento de entrada feito pelos próprios moradores.

Opção 4: ainda é possível usar o aplicativo da ASTER exclusivo para moradores de condomínios atendidos pelo serviço de portaria remota onde podemos gerar um link de acesso rápido via QR Code para que o visitante entre no condomínio sem a necessidade de passar pela triagem. 

A portaria remota é segura?

Essa é uma das perguntas mais frequentes e naturais sobre a portaria remota e a resposta é que o sistema diminui a possibilidade de assaltos a condomínios.

Por contar com as mais avançadas soluções de segurança eletrônica para combater a ação dos bandidos, a portaria remota acaba sendo uma opção segura com bom custo-benefício, já que além do sistema de câmeras que está presente na entrada do condomínio e em áreas comuns, também pode integrar soluções complementares que aumentam ainda mais o nível de confiabilidade.

Na portaria remota os operadores seguem rígidos procedimentos de controle de acesso, sob supervisão constante, e, por isso, são menos suscetíveis a “carteiradas” presenciais. Outra vantagem do atendimento remoto é evitar a invasão pela rendição do porteiro local.

Para a entrada do portão veicular, além deste sistema, também oferecemos de forma complementar a instalação da sirene e giroflex luminoso, que são acionados pela central caso se caracterize uma tentativa de invasão.

O que acontece se uma pessoa estranha estiver me seguindo?

Se estiver a pé, ao perceber alguém lhe seguindo, caso não seja possível entrar rapidamente no condomínio, busque abrigo em um estabelecimento até identificar a situação.

Mas, se ao entrar na eclusa do condomínio alguém entrar junto, disfarce e deixe que a pessoa vá na frente para que ela precise usar algum dispositivo de acesso no portão. Uma boa ideia é atender o celular como se estivesse recebendo uma ligação naquele momento e fazer sinal para a pessoa seguir em frente. Se a pessoa não conseguir abrir o portão, há algo de errado. Nesse caso, recomendamos algumas atitudes:

  • 1. Pergunte por que a pessoa não consegue entrar. Dependendo da resposta, recomende o uso do interfone a ela.

  • 2. Se não se sentir à vontade para seguir dessa maneira, você pode sair do condomínio, deixando a pessoa sozinha na eclusa e, assim que possível, ligar para a segurança do condomínio.

  • 3. Moradores de condomínios atendidos pela ASTER podem abrir o portão da eclusa usando o “botão ou senha do pânico” para que a Central ASTER acompanhe as câmeras do condomínio e entre em contato com você de maneira segura.

Mas, se estiver com seu veículo e se sentir ameaçado, antes de entrar no condomínio, dê uma ou mais voltas no quarteirão até que o perigo passe. Se ainda assim perceber que alguém se aproveitou da sua entrada, você pode seguir algumas dicas:

  • 1. Evite parar na sua vaga, dê uma volta na garagem e saia novamente.

  • 2. Se precisar parar, saia do veículo apenas quando se sentir seguro. Se disponível, e se preciso, ligue para a segurança do condomínio ou utilize o procedimento de pânico.

Meu condomínio pode ter portaria remota?

A implementação da portaria remota depende de alguns fatores, como por exemplo o tamanho e o perfil do condomínio. Locais onde os moradores são mais tradicionalistas e menos adeptos à tecnologia podem enfrentar dificuldade de aceitação.

Outro fator que pode impedir a instalação da portaria remota é o porte do empreendimento. De modo geral, recomendamos a portaria remota para condomínios com até 60 unidades. Assim, podemos garantir um bom atendimento e a segurança de toda a operação.

Por fim, um último fator impeditivo para implementação da portaria remota é a falta de recursos tecnológicos e estrutura do condomínio. Em um projeto de segurança e acesso desta magnitude, o condomínio sofre mutações significativas para chegar a um ponto de maturidade para implementação do sistema.

Alguns equipamentos e recursos que devem ser instalados para viabilizar a portaria remota são:

  1. Portões em configuração de clausura/eclusa para acesso físico controlado;
  2. Dispositivos eletrônicos de leitura de dados de acesso;
  3. Sistema eletrônico de gerenciamento dos dispositivos de leitura;
  4. Fechaduras eletromagnéticas para liberação remota e bloqueio de portões;
  5. Sistema Anti-esmagamento nos portões;
  6. Detectores de abertura nos portões para controle e segurança;
  7. Câmeras de videomonitoramento com o objetivo de imagem em identificação e reconhecimento de cena;
  8. Sistema de interfonia IP (VOIP) para comunicação remota;
  9. Sistema de destravamento dos portões para operação manual em situações de evacuação de emergência no condomínio;
  10. Botões de emergência/pânico nos elevadores;
  11. Gerador próprio ou nobreak robusto monitorado remotamente para contingências no caso de falta de energia;
  12. Proteção perimetral bem estruturada de preferência com sistema de detecção ligado a uma central de alarme.

Então, ainda que o sistema possa oferecer praticidade, segurança e até mesmo economia para os condomínios, não são todos que conseguirão adotar a solução.

Quanto posso economizar com portaria remota?

Por se tratar de um sistema que utiliza tecnologia e demanda o investimento em infraestrutura, é normal pensar que a portaria remota trará mais custos para o condomínio. No entanto, está comprovado que é possível chegar a uma economia de até 60% dos custos de portaria com o sistema da ASTER.

Isso acontece porque após a implementação, o condomínio passa a contar com atendimento 24h mesmo sem a necessidade de manutenção de profissionais na portaria durante todo o período. Sendo assim, deixa de arcar com os custos relativos ao pagamento de salários, adicionais noturnos e direitos trabalhistas. No fim, recebe um bom retorno financeiro no médio e longo prazo.

Como funcionam as entregas com portaria remota?

Outra dúvida muito frequente sobre a portaria remota é como funcionam as entregas já que não existe um porteiro no local para receber as encomendas. Para lidar com essa situação, existem duas saídas. A primeira é a recomendação de que haja um zelador sempre disponível no condomínio para receber as entregas dos moradores.

Mas, se essa solução não for possível, uma segunda opção ainda mais eficiente e moderna é a instalação de um armário inteligente. A versão da ASTER é chamada de ASTER Locker, um armário que armazena encomendas e envia notificações para os moradores sobre a chegada de itens.

Homologado pelos Correios e também pelas principais transportadoras do país, o ASTER Locker é uma solução prática que se mostrou indispensável durante a pandemia, pois permitiu que os condôminos recebessem suas compras sem contato físico com entregadores.

Qual é o tempo de espera da portaria remota?

Sabemos que um dos fatores que podem interferir na segurança dos visitantes e moradores é o tempo de espera do atendimento. Quanto mais tempo passam esperando na calçada do condomínio, maior a possibilidade de um assalto. Por isso, a ASTER trabalha para evitar períodos de espera e desenvolve soluções com esse objetivo.

Já citamos antes alguns recursos para rápida liberação dos visitantes. Ela pode acontecer por meio do cadastramento de convidados frequentes, que passam a utilizar dispositivos de acesso na portaria e não precisam esperar a confirmação dos moradores, ou então por meio da utilização do QR Code para pessoas de confiança. Essas duas soluções tornam o acesso ainda mais veloz e prático.

Mas, de toda maneira, a portaria remota da ASTER possui o tempo médio de primeiro atendimento de até 6 segundos com 85% dos primeiros atendimentos realizados em até 15 segundos, garantindo muita agilidade e eficiência no processo.

O que acontece se faltar luz ou internet no condomínio?

Se a portaria remota é um sistema que utiliza segurança eletrônica, então naturalmente uma das perguntas que mais recebemos é justamente o que acontece se faltar luz ou internet.

Para que não haja a interrupção do funcionamento da portaria por conta de queda de energia, no projeto de implementação recomendamos a instalação de um gerador ou de sistema de nobreaks monitorados, desenvolvidos especialmente para operações de portaria remota.  

Embora mais caro, o gerador é a melhor alternativa, pois ele permitirá que o sistema continue operando durante o tempo necessário para restabelecer a energia elétrica. Além disso, ele pode ser dimensionado apenas para garantir o funcionamento da portaria, um investimento menor e mais focado em segurança.

Já no caso da internet, implementamos o sistema com mais de um provedor – ou até mesmo com link dedicado, dependendo da disponibilidade – para que haja a redundância de sinal e maior confiabilidade. 

Vale dizer ainda que se o problema acontecer na central de monitoramento, onde estão os operadores, todo o atendimento é direcionado para a segunda central de operação. Mas, se ainda assim prevalecer a falta de sinal ou se a luz não puder ser restabelecida dentro do tempo de funcionamento do gerador, a ASTER garante o funcionamento da portaria enviando uma viatura com profissionais treinados para assumir o posto até que tudo volte ao normal.

Podemos fazer isso porque, além de oferecer o serviço de portaria remota, somos uma empresa de terceirização de facilities e contamos com mais de mil funcionários em nosso quadro, dentre eles porteiros capacitados.

Viu só como a portaria remota pode ser uma solução interessante para o seu condomínio?

Assista ao vídeo abaixo e entenda mais sobre o nosso sistema. E, se quiser falar sobre ele, entre em contato e converse com nosso time de especialistas!

LEIA TAMBÉM

Pedras Portuguesas: Boas Práticas para Limpeza e Conservação.

As pedras portuguesas são valorizadas por sua durabilidade e estética, especialmente em calçadas e praças. Feitas de calcário ou basalto, elas são porosas e requerem cuidados específicos para evitar sujeira e manchas. A manutenção regular é essencial para preservar sua beleza e segurança, prevenindo que se tornem escorregadias. A limpeza deve incluir varrição regular, lavagem com água moderada, uso de detergentes neutros e escovas macias, além de tratamentos específicos para manchas. Evite produtos ácidos, que podem danificar as pedras. Impermeabilizações periódicas ajudam a manter a durabilidade. A ASTER oferece serviços de facilities, incluindo limpeza especializada para esses ambientes.

ler matéria completa

Proteja Sua Casa: Dicas de Segurança Essenciais para as Férias de Julho

À medida que as férias de julho se aproximam, muitas famílias planejam viajar, deixando suas casas mais vulneráveis a criminosos. Este post oferece 14 dicas essenciais para manter sua residência segura durante sua ausência, assegurando férias tranquilas. Entre as recomendações estão: planejar entregas de forma que não acumulem indícios de ausência, usar campainhas inteligentes e redirecionar chamadas fixas para o celular, instalar sistemas de iluminação temporizados, fortalecer laços com vizinhos vigilantes, reforçar a segurança física com fechaduras mais robustas, adotar sistemas de segurança eletrônica avançados, e monitorar sua casa com câmeras. Além disso, é importante evitar compartilhar planos de viagem nas redes sociais, desligar a água para prevenir acidentes e guardar itens de valor em locais seguros. Ao retornar, se notar algo estranho, é recomendável contatar um vigilante antes de entrar em casa. A ASTER está comprometida em oferecer um serviço de segurança de alta qualidade, garantindo que você possa desfrutar de suas férias sem preocupações.

ler matéria completa

Conheça uma Solução Inteligente para Recebimento de Encomendas na Portaria Remota

O ASTER Locker é um armário inteligente disponível 24 horas por dia, projetado para simplificar o recebimento de encomendas em condomínios com Portaria Remota. É uma solução prática, moderna e segura, para adaptar seu condomínio a nova realidade do e-commerce, que cresceu exponencialmente nos últimos anos. Por que o ASTER Locker é necessário? Com o […]

ler matéria completa