O que eu preciso para virar síndico do meu condomínio?

Condomínios
26/01/2021

síndicoCondomínios são organizações que precisam de um olhar gerencial atento para garantir que todos os processos sejam funcionais. Desde as regras de convivência em comunidade, manutenção, limpeza, controle de acesso, passando pela segurança até chegar à saúde financeira do condomínio, é fundamental que se tenha um gestor responsável. E este responsável é o síndico!

Se você deseja se tornar o síndico do seu condomínio ou até mesmo seguir a profissão, fique atento às próximas linhas. Falaremos sobre o que você precisa saber para se tornar um bom síndico!

Requisitos para ser síndico

Tanto para se tornar síndico do seu próprio condomínio quanto para ser um síndico profissional, você precisa preencher alguns requisitos. Os principais deles são:

Observar a legislação e as regras internas

Os síndicos se baseiam, principalmente, em duas ferramentas para gerir a rotina condominial:

  1. Código Civil
  2. Convenção do Condomínio

Estes documentos respaldam os condomínios perante a legislação e as regras internas. Tenha em mente que em suas tomadas de decisão um síndico sempre terá que observar a Convenção e o Regimento Interno do Condomínio baseado no Código Civil. Assim, cumprirá suas obrigações com o respaldo necessário, sem violar nenhum aspecto legal ou regimental, que possa lhe trazer problemas no futuro.

Também é importante que o candidato à sindicância respeite a Legislação Trabalhista e a Lei do Inquilinato.

Ter o apoio de uma Administradora de Condomínios, um Contador ou um advogado de confiança para consultas eventuais e específicas é recomendável.

Cuidar das finanças

Além de estar respaldado legalmente, o síndico precisa ter conhecimento administrativo para gerir as finanças do condomínio e cumprir com suas obrigações fiscais.

Cabe ao bom síndico analisar mensalmente as receitas e despesas do condomínio, sempre com um olhar questionador para eventuais desperdícios, oportunidades de redução de custos e melhorias.

Nessa rotina é muito importante observar situações de inadimplência, que devem ser identificadas logo no início e endereçadas antes que o débito cresça muito e a situação fique difícil de ser equacionada.

Se você não tem muita familiaridade com finanças, recomendamos ter um membro do conselho condominial que possa mergulhar regularmente nos números, pois mesmo que você tenha uma administradora condominial, a responsabilidade final pela prestação de contas, pagamentos, compra de suprimentos, manutenções etc. é do síndico.

Conhecer o condomínio como um todo

Se você quer se candidatar a síndico de seu condomínio, precisa conhecê-lo detalhadamente. E neste ponto, falamos tanto sobre o que diz respeito ao Regimento Interno, quanto à estrutura física do local; também os condôminos e funcionários.

Em relação à estrutura, consideramos:

  1. Elétrica
  2. Hidráulica
  3. Jardinagem
  4. Piscina
  5. Áreas de convivência
  6. entre outros

Mesmo que contrate profissionais para cuidar destes elementos, o síndico precisa ter o mínimo de conhecimento. Afinal de contas, precisa saber identificar problemas e reconhecer um bom trabalho feito.

Neste ponto vale ainda ressaltar a importância de conhecer os funcionários e estar preparado para ouvir, orientar e às vezes ter que corrigir rotinas e atitudes não adequadas. Essa interação com a equipe será importante para extrair o melhor deles. Em outro artigo, trouxemos algumas dicas de como gerir a equipe de funcionários. Veja aqui.

O bom relacionamento com os demais moradores também é fundamental. São eles quem vão te eleger e, por isso, precisam confiar em você. Portanto, esteja sempre presente nas reuniões e assembleias e se mostre apto a “comandar” o condomínio.

Saber e gostar de se comunicar

Indo ao encontro do ponto anterior, o relacionamento com os funcionários e moradores do condomínio depende de uma boa comunicação entre as partes. Isto é, de nada adianta conhecer os condôminos e os funcionários, se não há um diálogo regular entre vocês.

Portanto, é preciso estar disponível e preparado para se comunicar, se mostrar interessado em ouvir e trocar experiências. Somente assim o síndico poderá criar uma relação eficiente, de respeito e cordialidade.

Possuir controle emocional para gerenciar crises

Um bom síndico precisa ter consciência de que resolver problemas e gerir conflitos fará parte da sua rotina.

Desavenças entre vizinhos são muito comuns em condomínios. Pela pluralidade de pessoas convivendo em um ambiente comum, é normal que exista divergência de opiniões. Esse talvez seja o maior desafio de quem quer ser síndico.

Para poder lidar com situações de estresse, reclamações e rivalidade, é fundamental que se tenha controle emocional para não se deixar envolver em discussões.

Use o seu conhecimento da Convenção e Regimento Interno e também a capacidade comunicativa para gerir essas situações.

Caso as reclamações envolvam funcionários, acompanhe de perto a rotina dos envolvidos para dar o suporte necessário e, eventualmente, corrigir algum problema.

Ser organizado

Lembra que há pouco falamos da necessidade de gerir as finanças? Pois bem, é extremamente importante que o candidato a síndico seja organizado, já que é ele quem deverá manter a documentação do condomínio em ordem. E isso não se limita apenas às obrigações fiscais.

O síndico precisa de uma rotina baseada em processos que mantenha a organização de tudo que for pertinente ao condomínio. Neste ponto, nos referimos a qualquer documento relevante, como:

  1. Calendário de manutenção das dependências
  2. Documentos e certidões
  3. Atas de assembleias
  4. Folha de pagamento de funcionários e fornecedores
  5. e muitos outros

Lembre-se: o síndico é o responsável por manter o funcionamento do condomínio. Sua atuação vai definir como será a rotina de centenas de pessoas. Portanto, o bem-estar de toda uma comunidade estará em suas mãos!

Como a ASTER pode ajudar?

Com 16 anos de mercado e mais de mil funcionários, a ASTER atua na cidade de São Paulo atendendo a condomínios residenciais e comerciais com serviços de segurança, portaria remota, portaria autônoma, portaria híbrida ou portaria presencial; limpeza e higienização de ambientes e implantação de projetos de automação predial como eclusas, câmeras, alarmes e sistemas de reconhecimento facial.

Como síndico, você poderá optar pelo serviço mais conveniente para as necessidades e preferências do seu condomínio.

Por exemplo, se seu condomínio optar pela Portaria Remota ASTER, o controle de acesso é realizado por uma central de monitoramento remota que seguirá rígidos protocolos de segurança, e ainda terá um potencial de redução de até 60% nos custos atuais de portaria.

Por outro lado, se optar pela portaria presencial, terá a conveniência de ter um porteiro ASTER, treinando e disponível no seu condomínio, 24×7, e tudo isso sem maiores preocupações com riscos trabalhistas, custos de rescisões ou cobertura de escalas em férias ou folgas.

Você pode, ainda, optar pelo modelo da portaria híbrida, ou pela portaria autônoma, e em todos os casos contratar mão de obra para zeladoria, serviços gerais ou limpeza com a ASTER.

Seu condomínio merece o melhor. Peça um orçamento gratuito e descubra como podemos te ajudar! ASTER – fazendo por você, zelando pelo coletivo.

LEIA TAMBÉM

Pedras Portuguesas: Boas Práticas para Limpeza e Conservação.

As pedras portuguesas são valorizadas por sua durabilidade e estética, especialmente em calçadas e praças. Feitas de calcário ou basalto, elas são porosas e requerem cuidados específicos para evitar sujeira e manchas. A manutenção regular é essencial para preservar sua beleza e segurança, prevenindo que se tornem escorregadias. A limpeza deve incluir varrição regular, lavagem com água moderada, uso de detergentes neutros e escovas macias, além de tratamentos específicos para manchas. Evite produtos ácidos, que podem danificar as pedras. Impermeabilizações periódicas ajudam a manter a durabilidade. A ASTER oferece serviços de facilities, incluindo limpeza especializada para esses ambientes.

ler matéria completa

Proteja Sua Casa: Dicas de Segurança Essenciais para as Férias de Julho

À medida que as férias de julho se aproximam, muitas famílias planejam viajar, deixando suas casas mais vulneráveis a criminosos. Este post oferece 14 dicas essenciais para manter sua residência segura durante sua ausência, assegurando férias tranquilas. Entre as recomendações estão: planejar entregas de forma que não acumulem indícios de ausência, usar campainhas inteligentes e redirecionar chamadas fixas para o celular, instalar sistemas de iluminação temporizados, fortalecer laços com vizinhos vigilantes, reforçar a segurança física com fechaduras mais robustas, adotar sistemas de segurança eletrônica avançados, e monitorar sua casa com câmeras. Além disso, é importante evitar compartilhar planos de viagem nas redes sociais, desligar a água para prevenir acidentes e guardar itens de valor em locais seguros. Ao retornar, se notar algo estranho, é recomendável contatar um vigilante antes de entrar em casa. A ASTER está comprometida em oferecer um serviço de segurança de alta qualidade, garantindo que você possa desfrutar de suas férias sem preocupações.

ler matéria completa

Conheça uma Solução Inteligente para Recebimento de Encomendas na Portaria Remota

O ASTER Locker é um armário inteligente disponível 24 horas por dia, projetado para simplificar o recebimento de encomendas em condomínios com Portaria Remota. É uma solução prática, moderna e segura, para adaptar seu condomínio a nova realidade do e-commerce, que cresceu exponencialmente nos últimos anos. Por que o ASTER Locker é necessário? Com o […]

ler matéria completa