Reflexos da Covid-19 na segurança pública

Especial Coronavírus
19/05/2020

covid-19 na segurança

O primeiro caso confirmado da doença Covid-19 no Brasil aconteceu em 26 de fevereiro. De lá para cá, medidas de combate foram aplicadas pelos governos estaduais que visam diminuir o aumento dos casos. A quarentena é a principal delas.

Contudo, a crise que atinge o mundo traz impactos não apenas ao sistema de saúde e à economia, mas também à segurança pública. Isso porque a pandemia pode culminar com a diminuição do efetivo de agentes de segurança, uma vez que os policiais, grupo que continua atuando nas ruas, correm risco de contaminação.

Veja a seguir, os impactos do Coronavírus na segurança pública:

Aumento da violência doméstica

A violência doméstica é um tema sensível, mas de importante debate. O último levantamento realizado pelo Instituto de Pesquisa DataSenado, em parceria com o Observatório da Mulher contra a Violência, divulgado em dezembro de 2019, mostrou que 27% das mulheres já sofreram violência doméstica ou familiar provocada por um homem.

A tendência é que o levantamento deste ano revele números ainda mais preocupantes. Isso porque em São Paulo e no Rio de Janeiro, houve aumento de 30% e 50% nos casos de violência contra a mulher, respectivamente.

O isolamento social decretado significa, em muitos casos, impor a convivência entre agredida e agressores, visto que, na maioria das vezes, o agressor está dentro da própria casa.

Por isso, ainda mais neste momento, é importante adotar medidas de combate à agressão e denunciar. Em São Paulo, o Tribunal de Justiça lançou o projeto “Carta de Mulheres”, um canal digital para auxiliar as denúncias.

Nele, as vítimas, ou qualquer pessoa que queira ajudar, acessa o site www.tjsp.jus.br/cartademulheres, preenche um formulário e recebe informações sobre locais para atendimento, como delegacias, casas de acolhimento, Defensoria Pública e Ministério Público. Também recebe informações sobre programas de ajuda de instituições públicas ou organizações não governamentais.

As respostas levam em consideração a situação de cada mulher e o tipo de violência sofrida. Com base nelas, é possível entender os desdobramentos em casos de denúncia e os tipos de medidas protetivas possíveis.

Todo o processo é extremamente sigiloso, para garantir a segurança dos envolvidos. Porém, é preciso lembrar que o programa se destina apenas a fornecer orientações e não haverá o encaminhamento das denúncias ao sistema de Justiça. Para que ocorra a notificação, é necessário que a pessoa procure os locais indicados.

Contaminação dos agentes de segurança

Embora o isolamento social tenha sido decretado, atividades consideradas fundamentais permanecem operando. É o caso dos agentes de segurança pública, por exemplo.

Em São Paulo, até o final de abril, quase 800 policiais haviam sido afastados por suspeita de Coronavírus. O Estado já havia registrado a morte de uma sargento da Polícia Militar. Outros 120 guardas civis metropolitanos também foram afastados, pois manifestaram sintomas da doença.

No início de maio, o Estado do Rio de Janeiro já havia confirmado 136 casos de infecção na Polícia Militar. Já são 7 vítimas fatais da doença entre policiais civis e militares no Estado. E os números tendem a subir com o avanço da pandemia.

O aumento dos casos em meio aos agentes de segurança pública acende o alerta para uma possível diminuição do efetivo de policiais nas ruas.

Bandidos aproveitam o Coronavírus para invadir condomínios

As medidas de isolamento contribuem para baixa circulação de pessoas nas ruas o que limita a ação dos bandidos. Porém, é preciso ficar atento à mudança nos tipos de delitos praticados nesse momento de crise.

Mesmo em meio à pandemia vivida no país, criminosos têm se aproveitado da situação para invadir condomínios fingindo ser agentes de saúde.

No golpe, eles disseminam links em grupos de redes sociais com o nome de hospitais renomados oferecendo testes domiciliares ou vacinas para combater a pandemia do Coronavírus.

Assim, descobrem o endereço das vítimas e conseguem acesso ao condomínio.

Outra maneira que eles encontraram para invadir os condomínios é tirando proveito do crescimento das compras via e-commerce e delivery, impulsionados pela quarentena.

Nessa modalidade, podem tanto fingir ser um entregador, como também render o verdadeiro entregador em seu deslocamento para realizar a invasão durante o processo de entrega.

Quer saber como se prevenir contra esse e os principais golpes aplicados pelos criminosos? Baixe nosso Guia prático para evitar golpes gratuitamente.

Portaria Remota é solução para a segurança

Em tempos em que o contato físico precisa ser evitado, nada melhor do que ter um sistema de acesso em que o porteiro não precisa ficar exposto, seja ao risco de invasão, seja à contaminação da Covid-19.

Para isso existe a Portaria Remota Aster, um sistema moderno de acesso remoto que faz o monitoramento do condomínio durante 24h por dia. Com ele, seu condomínio ganha em segurança, praticidade e ainda reduz custos.

Entre em contato e solicite um orçamento à distância, sem precisar receber uma equipe em seu condomínio para isso. Em até 48h você receberá os detalhes da proposta.

LEIA TAMBÉM

Pedras Portuguesas: Boas Práticas para Limpeza e Conservação.

As pedras portuguesas são valorizadas por sua durabilidade e estética, especialmente em calçadas e praças. Feitas de calcário ou basalto, elas são porosas e requerem cuidados específicos para evitar sujeira e manchas. A manutenção regular é essencial para preservar sua beleza e segurança, prevenindo que se tornem escorregadias. A limpeza deve incluir varrição regular, lavagem com água moderada, uso de detergentes neutros e escovas macias, além de tratamentos específicos para manchas. Evite produtos ácidos, que podem danificar as pedras. Impermeabilizações periódicas ajudam a manter a durabilidade. A ASTER oferece serviços de facilities, incluindo limpeza especializada para esses ambientes.

ler matéria completa

Proteja Sua Casa: Dicas de Segurança Essenciais para as Férias de Julho

À medida que as férias de julho se aproximam, muitas famílias planejam viajar, deixando suas casas mais vulneráveis a criminosos. Este post oferece 14 dicas essenciais para manter sua residência segura durante sua ausência, assegurando férias tranquilas. Entre as recomendações estão: planejar entregas de forma que não acumulem indícios de ausência, usar campainhas inteligentes e redirecionar chamadas fixas para o celular, instalar sistemas de iluminação temporizados, fortalecer laços com vizinhos vigilantes, reforçar a segurança física com fechaduras mais robustas, adotar sistemas de segurança eletrônica avançados, e monitorar sua casa com câmeras. Além disso, é importante evitar compartilhar planos de viagem nas redes sociais, desligar a água para prevenir acidentes e guardar itens de valor em locais seguros. Ao retornar, se notar algo estranho, é recomendável contatar um vigilante antes de entrar em casa. A ASTER está comprometida em oferecer um serviço de segurança de alta qualidade, garantindo que você possa desfrutar de suas férias sem preocupações.

ler matéria completa

Conheça uma Solução Inteligente para Recebimento de Encomendas na Portaria Remota

O ASTER Locker é um armário inteligente disponível 24 horas por dia, projetado para simplificar o recebimento de encomendas em condomínios com Portaria Remota. É uma solução prática, moderna e segura, para adaptar seu condomínio a nova realidade do e-commerce, que cresceu exponencialmente nos últimos anos. Por que o ASTER Locker é necessário? Com o […]

ler matéria completa